quarta-feira , 13 dezembro 2017

Anfetaminas

O que é?

São substâncias sintéticas (feitas em laboratórios) com efeitos estimulantes. Alguns tipos bem comuns são: speed, cristal e anfes. As anfetaminas propriamente ditas são a dextroanfetamina e a metanfetamina.

Parecem pequenos cristais amarelados com sabor amargo. As anfetaminas podem também ser encontradas em forma de cápsulas, comprimidos e pó, tabletes ou líquida.

Quando se tornaram ilegais?

Há produtos a base de anfetaminas comercializados legalmente no mercado, principalmente consumidos por mulheres, que buscam emagrecer. Enquanto isso, outras são importadas de maneira ilegal, como é o caso da Pervitin, cuja venda foi proibida no Brasil no início dos anos 70.

Usando Anfetaminas

Geralmente são consumidas via oral, diluídas em água, fumadas ou aspiradas. Em festas e baladas, anfetaminas como o cristal liberam o hormônio cerebral do stress norepinefrina (noradrenalina) e as substâncias do prazer e bem-estar, como a serotonina.

O efeito dura de 6 a 12 horas, podendo provocar hiper-atividade e uma grande necessidade de movimento. A pessoa pode perder o sono e a fome, ficando dias sem comer.

Altos e baixos

As anfetaminas fazem com que se sinta energia e euforia, deixando a pessoa “ligada” e confiante, impulsiva e menos propensa a sentir dor.

Fisicamente, a temperatura do corpo, os batimentos cardíacos e a pressão sanguínea são elevados a níveis perigosos, correndo risco de ataque cardíaco, derrame, coma e até a morte.

Além disso, podem-se sentir os dentes rangendo, a mandíbula tremendo e insônia. Passados os efeitos, uma sensação de exaustão, agressividade e paranóia podem tomar conta de quem usa, fazendo até com que se tenha vontade de se matar.

Sexo com Anfetaminas

Anfetaminas como speed podem causar problemas de ereções, deixando os órgãos sexuais menos sensíveis. As drogas ainda mais fortes, como o cristal, podem fazer com que se sinta muito excitado, tornando-se até mesmo um compulsivo sexual.

Sob efeito dessas drogas, você pode vir a fazer coisas que não faria normalmente, como relações sexuais mais longas e agressivas, resultando em ferimentos ou sangramentos. Você pode contrair ou passar doenças como HIV, hepatite C e outras doenças.

Um relacionamento de longo prazo?

A tolerância em relação a essas drogas é alta, ou seja, você pode se tornar dependente, fazendo com que queira tomar doses cada vez maiores para conseguir o mesmo efeito.

Muitas são as pessoas que dão adeus a empregos, casa, dinheiro, namoro, amigos e família. É possível desenvolver psicoses e problemas de saúde mental duradouros.

Anfetaminas com outras drogas

Coquetel anti-HIV – inibidores de protease podem causar um grande aumento na quantidade de speed ou cristais no corpo, resultando em overdose.

Cocaína e Ecstasy – misturar essas drogas com anfetaminas acarreta em uma sobrecarga extremamente perigosa para o coração.

Antidepressivos – pode ocorrer aumento da pressão sanguínea.

Álcool – ocultam os efeitos do álcool, fazendo com que a pessoa perca ainda mais o limite e fique ainda mais bêbada.

É bom saber

Qualquer forma de uso para as anfetaminas pode prejudicar partes do seu corpo, física e emocionalmente.

Compartilhar seringas e agulhas pode passar HIV, hepatite B e C.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*